Loja Virtual

Loja Virtual
Loja Virtual

Cristais

Cristais
Cristais

Produtos Vendidos

Produtos Vendidos
Produtos

Guias não são enfeites !

Guias não são enfeites !

Guia 7 Linhas, Guia 7 cores




As guias de cristal, porcelana, miçangas, contas de rosário, semente de olho de boi ou de cabra são condensadores energéticos, toda energia que é captada no momento do trabalho é captada e fica na guia o protegendo.

As Velas


Vela 7 dias, Vela Votiva, Vela


Quando vamos acendê-las estamos focados e isso nos ajuda a concentrar e fazer nossos pedidos de uma forma mais segura.

Vela Bicolor, Vela 7 dias, Vela Votiva

Vela Bicolor, Vela 7 dias, Vela Votiva

Vela Bicolor, Vela 7 dias, Vela Votiva



Cada orixá irradia todas as cores, pois atua nas sete faixas ou padrões vibratórios. Segue abaixo uma tabela com as cores utilizadas na Umbanda e No Candomblé, essas cores podem variar de Estado ou linha que a pessoa siga.


Orixá
Cor
Vela
Umbanda





Oxalá
Branco, cristalino, furta -cor
Branca
Oiá
Azul-escuro
Azul-escuro
Oxum
Rosa, dourado, azul-claro, amarelo,branco
Rosa
Oxumarê
Azul Turquesa, furta-cor, branco
Azul – celeste
Oxóssi
Verde, azul-escuro, branco
Verde
Obá
Magenta, dourado, vermelho, branco
Magenta
Xangô
Marrom-claro, dourado, vermelho, branco
Marrom
Egunitá
Laranja, dourado, vermelho, branco
Laranja
Ogum
Azul – escuro, prateado, vermelho, branco
Vermelha
Iansã
Amarelo, dourado, coral, branco
Amarela
Obaluaiê
Branco, prateado, violeta
Violeta
Nanã
Lilás, azul-claro, branco
Lilás
Iemanjá
Branco-azulado, prateado, azul, branco
Azul
Omolu
Branco, roxo
Roxa
Exu
Preto, vermelho
Preta
Pomba Gira
Vermelho, preto
Vermelho






Candomblé





Oxalá
Branco LeitosoBranco Leitoso
Oiá
Amarelo e Vermelho
Amarelo e Vermelho
Oxum
Amarelo Ouro
Amarelo
Oxumarê
Amarelo e verde (ou preto) e todas as cores do arco-íris
Amarelo e verde (ou preto) e todas as cores do arco-íris
Oxóssi
Azul-claro, Azul- turquesa
Azul-claro, Azul- turquesa
Obá
Marrom raiado, Vermelho e Amarelo
Marrom raiado, Vermelho e Amarelo
Xangô
Vermelho (ou marrom) e branco
Vermelho (ou marrom) e branco
Ogum
Azul-marinho
Azul-marinho
Iansã
Marrom, Vermelho e Rosa
Marrom, Vermelho e Rosa
Obaluaiê
Anil, Branco e Roxo
Anil, Branco e Roxo
Nanã
Anil, Branco e Roxo
Anil, Branco e Roxo
Iemanjá
Branco, Prateado, Azul e Rosa Branco, Prateado, Azul e Rosa
Omolu
Preto, branco e vermelho. Preto, branco e vermelho.
Exu
Preto (ou seja, a fusão das cores primárias) e vermelho. Preto (ou seja, a fusão das cores primárias) e vermelho.
Ossaim
Branco e verde claro
Branco e verde claro 
Ewá
Vermelho Vivo, Coral e Rosa Vermelho Vivo, Coral e Rosa
Ibeji
Azul, Rosa e Verde Azul, Rosa e Verde
Iroko
Branco, Verde (ou Cinza)castanho Branco, Verde (ou Cinza)castanho
Logun Edé
Azul-turquesa e Amarelo-ouro Azul-turquesa e Amarelo-ouro
Ossaim
Verde e Branco Verde e Branco








Dicas:


  • Acenda  as velas longe de objetos inflamáveis, sobre um pires e nunca diretamente no chão, sempre acompanhada por uma oração.
  • Procure sempre oferecer a vela a um anjo, orixá, santo ou entidade para que nenhum espírito do baixo astral, ou almas desencarnadas se aproximem para absolver a energia da vela que foi acesa, trazendo perturbação.
  • Sempre que possível acenda suas velas fora de casa e nunca em quarto, sala ou banheiro. Na impossibilidade, acenda em um quarto (longe de coisas inflamáveis) ou em área de serviço.
  • Nunca apague uma vela com um sopro, pois a energia se perde no ar. Passe a lamina de uma faça sobre a chama. Não saia de casa deixando velas acesas; peca licença e apague. Quando voltar, acenda de novo, fazendo novamente seus pedidos, acompanhado de uma oração.
  • Velas para as almas, Exus, pomba gira só devem ser acesas fora de casa.
  • Acender uma vela é um ato místico porque abre um campo energético no astral. Portanto, procure estar calmo, em um ambiente tranquilo para que seu objetivo seja atendido.
  • Antes de acender a vela friccione ela em suas mãos para que sua energia seja passada para ela. Você pode ungi-la com óleos aromáticos, criando um elo entre você e a vela.

Nenhum comentário